logo RCN

Iniciam-se as aulas do Curso Técnico em Guia de Turismo no Senac Lages

  • Onéris Lopes/Amures

Sala lotada e professores a postos. Sobre as mesas, bloco e caneta para anotações e um bombom de boas-vindas. Iniciou na noite desta terça-feira (20), as aulas do curso Técnico em Guia de Turismo, numa parceria do Senac/Lages e Associação dos Municípios da Serra Catarinense (Amures), através da assessoria de Turismo

Com carga horária de 800h/aula, o curso se estenderá até julho de 2025 e as aulas acontecem de 2ª a 5ª feira, das 18h50 às 22 horas.

O diretor do Senac, Adenilson Varela, e a assessora de turismo da Amures, Ana Vieira, recepcionaram a turma. “A qualidade Senac vai prevalecer nesse curso.

Espero que todos que se inscreveram e foram selecionados concluam e sigam em frente porque o que buscam é uma atividade muito gratificante e todos os dias, terão experiências diferentes nessa profissão”, disse Adenilson.

Ana Vieira explicou aos alunos que o guia de turismo é vital e citou o caso de um turista que não aceitou visitação guiada em Bom Jardim da Serra e acabou perdendo a vida num cânion.

“Vocês serão os profissionais que ajudarão a transformar nossa região, com um guiamento seguro e de qualidade. Parabéns por aceitar essa parceria com o turismo da Serra Catarinense”, agradeceu Ana.

A demanda pelo curso foi tamanha que tem pessoas na fila de espera por vagas, caso ocorra alguma desistência. Quase todos os municípios da região estão representados no curso e logo na primeira aula, o professor e Coordenador Educacional do Senac, Maickon Albuquerque, explicou que o guia é responsável pela condução de pessoas e grupos.

“É ele quem vai planejar os roteiros de visitas e itinerários turísticos e terá a responsabilidade pela assistência aos turistas”, frisou. Lembrando que, o guia poderá atuar na prestação de serviços autônomos, temporários ou sob contrato efetivo com organizações públicas e privadas, pois terá credenciamento junto ao Ministério do Turismo.

A turma está formada por 35 alunos e o curso é totalmente gratuito. O custo médio de um curso desses, oscila na faixa de R$ 12 mil por aluno, caso tivessem de desembolsar. A gratuidade só está sendo possível graças à parceria do Senac e Amures.

Temperaturas menores de dez graus colocam Serviço Especializado em Abordagem Social em alerta Anterior

Temperaturas menores de dez graus colocam Serviço Especializado em Abordagem Social em alerta

Comarcas catarinenses se mobilizam no combate à violência sexual infantil Próximo

Comarcas catarinenses se mobilizam no combate à violência sexual infantil

Deixe seu comentário